sexta-feira, 13 de abril de 2012

Café Zomerlust

O café Zomerlust fica bem na divisa entre Tilburg e Berkel-Enschot. É um café bem aconchegante com uma decoração art decó que dá um charme especial ao lugar. Na primeira quarta-feira do mês o Zomerlust recebe uma banda de salsa e na terceira quarta-feira do mês é a vez do jazz. O café fica convenientemente localizado a poucos quilômetros do mosteiro em Koningshoeven e é uma boa parada antes ou após uma visita à abadia.
No cardápio alguns petiscos holandeses (bitterballen, bittergarnituur...); os pratos que são servidos no almoço precisam ser reservados com ao menos um dia de antecedência. A carta de cervejas inclui seis torneiras, sendo que em uma delas é servida a cerveja da casa, uma ale clara de 8,7% de ABV e produzida com pêssegos, outras duas torneiras são reservadas para cervejas sazonais. Todas as trapistas, com exceção das Westvleteren, estão no menu, além de uma boa seleção de cervejas belgas e holandesas. Mas a maior surpresa ficou por conta da carta de cervejas "vintage". Algumas lambics da década de 70, Chimays dos anos 80 e 90 entre outras raridades.
No Zomerlust eu experimenti a Vicaris Quinto na pressão, da cervejaria Dilewyns, que inaugurou sua própria cervejaria no ano passado (antes eles estavam produzindo na De Proef). Servida na pressão a Quinto é uma Tripel a 5% de ABV. Uma ótima cerveja que mantém todas as características de uma boa Tripel, mas com um ótimo drinkability. Após a Quinto foi a vez de uma Witkap Dubbel 1985. A garrafa da Witkap estava completamente empueirada e tinha perdido quase todo o rótulo. A tampa enferrujada ao ser aberta já mostrava que a cerveja tinha perdido quase toda a sua carbonatação. A cerveja estava com um ótimo aroma de mel e frutas secas, corpo aveludado e amargor imperceptível. Uma ótima cerveja!

Gezondheid!

Nenhum comentário:

Postar um comentário