quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Schwarzbier

O estilo schwarzbier é representado por lagers escuras, em razão do uso de malte torrado, teor alcoólico moderado (variando entre 4,5% e 5,5%) e lupulagem também moderada.
No Brasil o estilo é muito bem representado pela Eisenbahn Dunkel que já ganhou inúmeras medalhas internacionais em virtude de sua ótima qualidade. Tive a oportunidade de experimentar três schwarzbiers alemãs. Uma delas foi a Köstritzer que é bem conhecida no Brasil e é uma famosa representante do estilo na Alemanha, a segunda schwarzbier degustada foi a schwarzer Herzog da cervejaria Wolters e a terceira foi a schwarzbier da Kloster Scheyern Brauerei, que é uma cervejaria de Munique localizado no mosteiro de Scheyer. Todas elas se apresentaram mais equilibradas e menos torradas do que a Eisenbahn.
A Köstritzer é a menos encorpada de todas e com a mais presença de malte torrada. É uma cerveja muito boa e com ótimo drinkability (no detalhe o lanche degustado com a cerveja!).
A schwarzer Herzog é semelhante a Krostritzer, porém mais encorpada e com presença mais marcante de lúpulo quando comparada com a primeira. Também muito boa e fácil de tomar.
A mais surpreendente acabou sendo a Scheyern. De cor um pouco menos escura que as outras duas cervejas degustadas, a Scheyern tem um torrado muito leve e a presença de sabores de caramelo são mais marcantes. Um conjunto perfeito.

Ein Prosit!

Nenhum comentário:

Postar um comentário